Perguntas Frequentes

O QUE É A DEPILAÇÃO A LASER DÍODO?

O laser díodo é uma luz pura, que emite uma energia que é absorvida pelo pelo, que, por sua vez, transmite essa energia para as células responsáveis pelo seu crescimento, impedindo que voltem a reproduzir-se. Engane-se se pensa que este sistema poderá queimar ou prejudicar a sua pele, pois os equipamentos para depilação a laser díodo incorporam um novo sistema de refrigeração que protege a epiderme durante o tratamento.

E sim, pode mesmo dizer “adeus pelo!”, pois esta solução faz com que o pelo seja destruído e eliminado de forma definitiva, para que nunca mais volte a crescer. No entanto, dado que só se pode tratar o pelo visível, são necessárias várias sessões de depilação a laser díodo para remover definitivamente todos os pelos de uma zona.

QUANTAS SESSÕES SÃO NECESSÁRIAS?

Não existe uma resposta definitiva para esta questão, já que depende de vários fatores, nomeadamente zona do corpo; tipo de pele; cor, quantidade e densidade do pelo.

Regra geral, não são necessárias mais de cinco sessões para remover 90% do pelo indesejado, embora, desde o primeiro dia, se possa conseguir resultados surpreendentes. Os especialistas recomendam uma sessão a cada dois ou três meses (se puder fazer mensalmente seria o ideal), dado ser este o período de tempo em que alguns dos pelos inativos na sessão anterior tenham entretanto crescido e possam também ser eliminados.

QUE CUIDADOS DEVE TER ANTES DA DEPILAÇÃO A LASER DÍODO?

1º É essencial, durante o mês antes da sessão, não depilar a zona com cera ou pinça. Pode usar qualquer outro método, desde que não arranque a raiz do pelo, ou seja, pode utilizar cremes depilatórios ou gillette.

2º Além disso, e para uma maior eficácia do tratamento, deve evitar a exposição solar 15 dias antes da sessão.

3º Uma última recomendação prende-se com o facto de também não dever recorrer a bronzeamento artificial ou descoloração dos pêlos antes de cada sessão.

Após cada sessão, não se preocupe se observar um ligeiro vermelhão nas zonas tratadas, até um período máximo de 72 horas. Este é um dos sinais de que o tratamento foi eficaz! Basta, para isso, aplicar um bom creme hidratante e calmante. Pode iniciar a exposição solar 48 horas após o tratamento.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DA DEPILAÇÃO A LASER DÍODO?

- Tem um comprimento de onda maior, logo oferece melhores resultados para as pessoas com um tom de pele mais escuro;

- O comprimento de onda penetra mais profundamente e de forma mais segura sobre a pele;

- Pessoas com pelo mais escuro verão resultados mais imediatos e mais rapidamente;

- Indicado para depilação em grandes áreas do corpo;

- Recuperação mais rápida.

O QUE É UM MEDIDOR DE FOTOTIPO?

A identificação do fototipo da sua pele permite-lhe saber o tipo de riscos que corre sempre que se expõe ao sol.

Quanto menor o fototipo cutâneo, maiores devem ser os cuidados a ter com o sol, pois a pele é mais sensível ao dano provocado pela radiação ultra-violeta.

Essa maior ou menor sensibilidade varia consoante as quantidades de melanina, o pigmento que dá cor à pele.

Para efeitos de classificação, foram determinados 6 fototipos cutâneos:


FOTOTIPO I

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele muito clara. As pessoas com cabelo louro ou ruivo, com olhos azuis ou verdes ou com sardas têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo não bronzeia e queima muito facilmente, pelo que quem pertence a este fototipo nunca deve usar um protector solar com factor de protecção solar inferior a 50.


FOTOTIPO II

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele clara. As pessoas com cabelo louro ou castanho claro e as que ficam com sardas depois de apanhar um pouco de sol têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo raramente bronzeia e queima muito facilmente, pelo que quem pertence a este fototipo deve usar um protector solar com um nível de protecção entre o 30 e o 50.


FOTOTIPO III

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele clara a média. As pessoas com cabelo louro escuro ou castanho têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo bronzeia progressivamente mas, se não se proteger convenientemente, pode queimar, pelo que quem pertence a este fototipo nunca deve usar um protector solar com factor de protecção solar inferior a 20.


FOTOTIPO IV

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele média. As pessoas com cabelo castanho têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo bronzeia e queima pouco. Ainda assim, quem pertence a este fototipo nunca deve usar um protector solar com factor de protecção solar inferior a 15.


FOTOTIPO V

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele média a escura. As pessoas com cabelo castanho ou preto têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo bronzeia muito e raramente queima. Ainda assim, quem pertence a este fototipo nunca deve usar um protector solar com factor de protecção solar inferior a 15.


FOTOTIPO VI

É o fototipo cutâneo das pessoas com pele escura ou muito escura. As pessoas com cabelo preto têm geralmente este fototipo de pele. Este tipo cutâneo raramente queima. Ainda assim, quem pertence a este fototipo deve usar um protector solar com um nível de protecção inferior a 15.

2019 © KARES4U. Todos os direitos reservados. Made with <3  by claudiobarbosa.design